......................

.................

.............

Você está aqui: Pagina PrincipalColunas.PrincipaisPlanejamento3 Cuidados ao Implementar um Plano de Negócios

Dicas para Tirar uma Idéia do Papel e Abrir um Negócio.

O número de empresas que abriram as portas, de janeiro a outubro deste ano, caiu 7,1% em comparação ao mesmo período do ano passado.

 

De acordo com o balanço da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), 39 mil novos empreendimentos foram registrados no estado, em 2015, contra aproximadamente 42 mil, em 2014. Para quem pretende abrir uma empresa em 2016, o Sebrae Minas dá sete dicas para ter sucesso nos negócios.

 

Todo  empreendedor, ao abrir o seu próprio negócio, deseja obter retorno do investimento em curto prazo, mas é necessário trabalho árduo e paciência para tornar o empreendimento viável e bem sucedido.  Uma das dicas é ter planejamento. Muitas vezes é necessário deixar a emoção de lado e investir em um processo realista e racional de avaliação, na busca de informações estruturadas para realizar o investimento.

 

Neste período de instabilidade econômica, alguns empreendedores não sabem em qual atividade investir. Neste caso, o aconselhável é elaborar um modelo de negócio, que não inclui ainda aspectos técnicos como legislação, custos e despesas, mas pode auxiliar na estruturação de um novo negócio e testar a ideia. Isso pode ser feito por meio do Canvas, uma ferramenta desenvolvida pelo Sebrae que permite que qualquer empreendedor desenvolva suas ideias de negócio ou até mesmo repense um modelo de negócio já existente.

 

Após este teste, o empreendedor pode utilizar um instrumento simplificado, de planejamento detalhado, chamado Plano de Negócios, que auxilia passo a passo na construção do empreendimento, considerando os pontos essenciais que devem ser observados e registrados em finanças, marketing, pessoas, mercado, entre outros.

 

Procurar o melhor local para instalar o negócio é uma das atividades mais importantes antes de abrir a empresa. É necessário analisar o processo de logística e venda da mercadoria, facilidade de acesso dos clientes ao local, estacionamento, distância entre rodovias, sistema bancário, bem como todos os custos fixos envolvidos no imóvel para a  instalação do empreendimento.

 

O empreendedor deve ter conhecimento sobre os impostos para a abertura do negócio, a legislação trabalhista e tributária e os procedimentos  específicos para a liberação do alvará de licença. Isso porque, alguns empreendimentos precisam de autorização como a do Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária.

 

Fazer uma pesquisa de mercado é essencial para uma empresa. Saber quem são seus concorrentes e  fornecedores, as tendências e  novos nichos de clientes são fatores muito importantes antes de colocar um novo produto ou serviços no mercado e investir recursos.

 

O empreendedor deve fazer um plano de investimentos que inclui a  previsão de faturamento, cálculo dos custos fixos e variáveis e a previsão de resultados (lucros e prejuízos) para garantir reservas financeiras, evitar grandes dívidas e conseguir equilíbrio nos dois primeiros anos de mercado, período em que a mortalidade das micro e pequenas empresas são maiores.  Saiba que empresário não recebem salário mensal como os empregados, e que as retiradas mensais das empresas precisam ser controladas, de acordo com  faturamento e com a necessidade de recursos para novos investimentos.

 

Pesquisas demonstram que  quanto maior o conhecimento do empreendedor e as experiências por ele vividas, na área ou em atividades similares, em que pretende atuar, maiores serão as chances de sucesso. A experiência e o estudo são fatores que auxiliam na definição do foco do negócio e na sua expansão ou crescimento. Por isso, é necessário refletir sobre o perfil do empreendedor com sua  capacidade de persistência e  tenacidade para ir em frente sem desistir no primeiro obstáculo dos muitos que terá que enfrentar nesta jornada.

 

Dica do Sebrae para abrir uma empresa:

 

1. Busque o equilíbrio entre emoção X razão

 

2. Tenha conhecimento no ramo de atividade

 

3. Pesquise o local de instalação 

 

4. Conheça a legislação    

 

5. Conheça o mercado

 

6. Cuide das finanças

 

7. Identifique se possui o perfil de empreendedor

 

 

 

 

Fonte: P.E.G.N

DESIGN_BY